terça-feira, 24 de abril de 2012

Prêmio Planeta Casa


Em maio estarão abertas as inscrições para o Prêmio Planeta Casa 2012. A iniciativa conjunta da revista Casa Claudia e do movimento Planeta Sustentável chega a sua décima edição, reforçando a missão de valorizar e divulgar projetos que conciliem conforto e bem-estar com o total respeito ao planeta.

O prêmio se divide em seis categorias: Ação Social (para projetos que dialoguem com setores de decoração, construção, urbanismo, arquitetura e design, com resultados que promovam o bem-estar da comunidade e o desenvolvimento sustentável), Produtos de Decoração, Materiais de Construção, Projeto Arquitetônico, Design de Interiores e Empreendimentos Imobiliários.

Até junho, empresas e profissionais das áreas de arquitetura, construção e decoração podem se inscrever, encaminhando o material pelo correio para a Editora Abril. Os interessados poderão participar do concurso em mais de uma categoria e até mesmo inscrever mais de um projeto por categoria.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

ADESP em Milão 2012


PRIMEIRO DIA EM MILÃO


        O grupo Adesp embarcou na noite de segunde-feira, dia 16 de Abril as 22:40hrs com destino a Itália, chegando as 15:30hrs do dia seguinte. Apesar de ser uma viagem longa o pessoal já chegou animado para aproveitar o finalzinho da tarde e a noite do primeiro dia em Milão. Já no transfer do aeroporto para hotel, o grupo aproveitou para se conhecer melhor e reencontrar velhos amigos.
 Depois de chegar ao hotel, fazer o check in, nos encontrarmos novamente para dar uma passada no Brazil S/A, na praça do Duomo, onde também se localiza outro cartão postal da cidade, a galerie Vitorio Emanuelle. Enquanto aguardavamos o taxi, encontramos o designer Francisco Calio.
Brazil S/A

        Já no nosso segundo destino, uma mesa redonda organizada pelo jornal, 24 ore, também encontramos o arquiteto Leo Shehtman, que participou da mesa redonda representando os profissionais brasileiros e fazendo uma avaliação desse primeiro dia de I Saloni em 2012. O jornal além de promover essa mesa redonda, aproveitou para fazer um coquetel de lançamento do portal "Inner Design" e mostrar os novos carros da Volvo.
 Para quem achou que chegar as 15h da tarde era um dia perdido, o grupo Adesp provou que está bastante animado para aproveitar tudo que Milão tem para oferecer e sem perder nenhum minuto da semana de Design. E claro, manter os nossos seguidores bem informados afinal, a semana está apenas começando!

 
 

segunda-feira, 9 de abril de 2012

ITU CASA DECOR 2012®



A Itália é o tema que deve inspirar os arquitetos da ITU CASA DECOR 2012®, mostra de arquitetura, decoração e paisagismo que acontece entre os dias 27 de abril e 17 de junho de 2012.  A sede será um casarão antigo localizado em Itu-SP, cidade considerada a Roma brasileira, com tradição histórica e que agrega grande quantidade de descendentes italianos.

O país foi escolhido por ser berço das tendências mundiais no que diz respeito a design e, ao mesmo tempo, manter diversas tradições amplamente conhecidas. “Essa inspiração deve fazer com que os profissionais criem projetos que unem inovação e tradição em um mesmo espaço”, revela a diretora comercial Renata Fraia, idealizadora do evento.

Como plano de fundo para as criações, a organização da ITU CASA DECOR 2012® criou a história fictícia de uma típica família com raízes italianas: uma senhora muito religiosa de 80 anos, um casal que está em sua segunda união, um filho solteiro e uma filha casada, mãe de gêmeos.

Para dar ainda mais charme a essa proposta, cada um dos 50 ambientes da casa ganhou nomes italianos. A ideia é proporcionar aos visitantes uma vivência dessa ponte entre Brasil e Itália e sentir a atmosfera do cotidiano desta família fictícia. “O que os apreciadores e visitantes da mostra poderão esperar são combinações do contemporâneo com o clássico, da tecnologia de ponta no que se refere à automação residencial com soluções que atendam a tendência de sustentabilidade”, garante a arquiteta e organizadora da ITU CASA DECOR 2012®, Renata Jancowski.

A ITU CASA DECOR 2012® agrega patrocinadores que são referências nacionais no mercado, entre eles: ROCA, SIEMENS, EUCAFLOOR, COLINAS, MARMOREDO, GRUPO ESTRUTURAL, EUROTOP, SELECTA, SCARAVELI & SAVIOLI, SCA, STARRET, IBBL, NOVA ILUMINAÇÃO, GIOVANNETTI, DELL ANNO, CITROËN NOTREDAME, OLIVER, PROTELT.27, PLAZA SHOPPING ITU, CELMAR MÓVEIS, ELETTROMEC, PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURISTICA DE ITU, PADOVANI, VIRTUAL DESIGN, LORENZON e CONDOMÍNIO TERRAS DE SÃO JOSÉ.
SERVIÇO
ITU CASA DECOR 2012®
Data: 27 de abril a 17 de junho de 2012
Horário de funcionamento: de quarta a sábado: das 14h às 22h e aos domingos: das 12h às 20h
Endereço: Praça Maranhão, nº 16, no Bairro Brasil, Itu-SP
Informações: 11 2715-0045 | 11 2715-0047 
Bilheteria: R$ 25 - entrada livre até o final da mostra

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Trabalho aprova regulamentação da profissão de designer


A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço público aprovou na quarta-feira (28) proposta que regulamenta a profissão de designer (PL 1391/11). De acordo com o projeto, do deputado Penna (PV- SP), o exercício da profissão ficará reservado aos graduados em design ou em áreas afins, como comunicação visual, desenho industrial, programação visual, projeto de produto, design gráfico, design industrial, design de moda e design de produto.
De acordo com a proposta aprovada, também poderão ser registrados profissionais com pelo menos três anos de experiência até a data da publicação da nova lei. O projeto original permitia o registro somente daqueles que provassem o exercício da profissão durante cinco anos ou mais antes da publicação da lei.
O relator da proposta, deputado Efraim Filho (DEM-PB), lembrou que, desde 1980, cinco projetos sobre o mesmo tema já foram apresentados no Congresso e arquivados por motivos diversos. “É chegado o momento de retribuir o esforço dessa sacrificada profissão, outorgando-lhes um instrumento fundamental para o reconhecimento da classe e para a continuidade do desenvolvimento de atividade tão importante para a continuidade do desenvolvimento do mercado nacional de produtos e mensagens”, disse.
Registro
A proposta atribui ao Ministério do Trabalho a competência para registro dos designers. O texto original previa a criação de conselhos federal e regionais para registro, controle e fiscalização da categoria. De acordo com Efraim Filho, contudo, a criação do conselho de classe é atribuição exclusiva do Poder Executivo, que poderá fazê-lo ou não após a publicação da lei.
Atividades
O texto reconhece as seguintes atividades do designer:
- planejamento e projeto de sistemas, produtos ou mensagens visuais ligados aos respectivos processos de produção industrial objetivando assegurar sua funcionalidade ergonômica, sua correta utilização, qualidade técnica e estética, e racionalização estrutural em relação ao processo produtivo;
- projetos, aperfeiçoamento, formulação, reformulação e elaboração de desenhos industriais ou sistemas visuais sob a forma de desenhos, diagramas, memoriais, maquetes, artes finais digitais, protótipos e outras formas de representação bi e tridimensionais;
- estudos, projetos, análises, avaliações, vistorias, perícias, pareceres e divulgação de caráter técnico-científico ou cultural no âmbito de sua formação profissional;
- pesquisas e ensaios, experimentações em seu campo de atividade e em campos correlatos, quando atuar em equipes multidisciplinares;
- desempenho de cargos e funções em entidades públicas e privadas cujas atividades envolvam desenvolvimento e/ou gestão na área de design;
- coordenação, direção, fiscalização, orientação, consultoria, assessoria e execução de serviços ou assuntos de seu campo de atividade;
- exercício do magistério em disciplinas em que o profissional esteja adequadamente habilitado;
- desempenho de cargos, funções e comissões em entidades estatais, paraestatais, autárquicas, de economia mista e de economia privada.
Tramitação
A proposta, que tramita de forma conclusiva, ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
FONTE: Agência Câmara

terça-feira, 3 de abril de 2012

Luz na Decoração


Especialista dá dicas de como aproveitar ao máximo os recursos da iluminação

A iluminação faz toda a diferença na decoração dos ambientes de uma residência, uma vez que é possível utilizar os inúmeros artifícios que a luz oferece para criação de cenários sofisticados, acolhedores e divertidos. A diretora do escritório Izabel Souki Engenharia e Projetos, Izabel Souki, explica que no momento de projetar e decorar os ambientes é preciso levar em conta as sensações e as impressões que se pretende passar de cada espaço. “Ambientes diferentes demandam intensidade de luz e tipos de lâmpadas diferentes. É sempre bom mesclar lâmpadas variadas em um mesmo cômodo criando cenas adequadas para cada tipo de local”, avisa.




Sobre os tipos de lâmpadas, Izabel informa que as mais usadas atualmente são as dicróica, AR, fluorescente e led. Ela explica que a lâmpada dicróica é uma que proporciona brilho e mais abertura, ideal para ser usada em salas e outros ambientes que desejam uma luz mais aberta. Já a lâmpada AR, possibilita uma luz de foco por ser mais fechada, sendo recomendada para qualquer lugar onde se deseja dar foco a algum objeto ou obra de arte. A lâmpada fluorescente, além de ser a mais econômica, oferece iluminação geral ao ambiente, mas tem sido frequentemente trocada por fita de led, que apresenta maior durabilidade. As duas são mais indicadas para o uso em espaços onde se pede uma luz geral.




Para ambientes de trabalho, cozinha, lavanderia e escritório, Izabel recomenda o luz branca, que proporciona maior clareza e deixa o usuário mais alerta e ativo. Além disso, a luz branca remete à sensação de limpeza e de frescor. Já a luz amarela oferece maior conforto e aconchego, sendo ideal para salas e quartos.

Em relação às áreas com televisão e banheiro, é recomendada atenção especial, uma vez que a luz não deve refletir na televisão ou criar sombra durante a maquiagem ou a barba, por isso a escolha correta do item pode evitar alguns incômodos. “Em sala de TV, por exemplo, a luz não deve ser muito intensa para criar cenas adequadas para assistir com conforto a televisão, neste caso o uso do dimmer é bastante aconselhável. Já no banheiro, o ideal é a utilização de lâmpadas dicroicas mescadas a fluorescente”, ressalta.



Nas salas de jantar, o uso de lustres é o mais indicado, por proporcionar uma luz intensa e necessária para eventos e banquetes. O recomendado pela especialista em decoração é mesclar o lustre com luzes menos intensas, como arandelas ou lâmpadas embutidas em sancas, o que permite a criação de cenários mais propícios para uma conversa ou um jantar romântico.

Usando e abusando de técnica e de bom gosto é possível, ainda, usar peças de iluminação, como abajures, lustres, pêndulos, arandelas e peças embutidas no forro de gesso, que além de iluminarem conferem requinte e sofisticação ao ambiente. A especialista em decoração ressalta as variadas possibilidades que uma iluminação pode causar: “aliando conhecimento e criatividade podemos conseguir diversos efeitos e cenários especiais, como usar luzes atrás da cabeceira da cama, embaixo do sofá ou da mesa, bem como explorar detalhes arquitetônicos com lâmpadas embutidas na alvenaria”, esclarece Izabel.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Milão 2012 - Brasil em alta na Via Tortona



De 17 a 22 deste mês, o mundo do design vai voltar seus olhos, e toda sua atenção, ao mais importante evento do setor de mobiliário: o Salão Internacional do Móvel de Milão, que transforma a cidade italiana na capital mundial do design de móveis. E alguns dos talentos cariocas estarão por lá, em mostras paralelas, mostrando seus trabalhos.
Organizada pela Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, a Rio+Design levará profissionais do estado a Milão, pela quarta vez. Trinta e duas peças, de 23 escritórios, estarão expostas em três ambientes, de 100m² no total, numa das ruas mais badaladas da cidade.
— A Via Tortona, para onde vamos pela primeira vez, é o coração do que acontece paralelamente ao Salão. Só isso já seria motivo de comemoração, mas, além disso, o Guto (Índio da Costa, curador da mostra) criou uma ambientação que tem a nossa cara e convida as pessoas a sentirem um pouquinho do clima do Rio de Janeiro — destaca Dulce Angela Procópio, subsecretária estadual de Comércio e Serviços.
Segundo Dulce, outra boa novidade de 2012 será a chance de fechar novos negócios. Até o ano passado, os designers convidados faziam vendas diretas de seus produtos, mas, agora, a secretaria quer ajudar na criação de joint-ventures com marcas internacionais interessadas em fabricar por lá as peças de nossos designers:
— Naturalmente, o comércio vai continuar. Mas queremos sedimentar essas parcerias. Acredito que os fabricantes europeus possam ver em nossos produtos, e na inovação que temos aqui, uma chance de trabalhar com novas tecnologias. Em outros anos, por exemplo, sempre percebi um interesse muito grande pelas peças feitas com derivados de petróleo e na maneira como são desenvolvidas aqui — ressalta Dulce.
Entre os trabalhos que serão expostos na Rio+Design estão a poltrona “Acan”, da Em2 Design; o banco “Pão de Açúcar”, de Gilson Martins — que é fabricado em duas cores de madeira e pode ser usado como uma namoradeira —; e a “Pantosh”, da Lattoog, peça inspirada em dois clássicos do design: a “Panton” e a “Willow”, de Charles Rennie Mackintosh.
No Salão Satélite, que reúne os jovens talentos do design mundial, quem marcará presença são alunos e ex-alunos de design da PUC-Rio. Entre eles, a dupla Pedro Braga e Marcelo Lobo, que entrou na mostra com a bandeja “Pão de Açúcar”; Gustavo Martini, com sua mesa multifuncional “Sépia”; e os designers Bruno Trindade e Diego Destro, que vão apresentar seu banco “Vértil” — desenvolvido em módulos, ou seja, podendo ter vários tamanhos e formatos diferentes.
— A seleção dos trabalhos destaca projetos representativos, feitos pelos alunos das quatro habilitações do programa de graduação em design da universidade. E, além dos projetos em exposição, também vamos levar catálogos digitais com outros projetos participantes das exposições da Semana Design PUC-Rio para que os visitantes conheçam o que é feito aqui — acentua Cláudio Magalhães, que coordena o Laboratório de Gestão em Design da instituição.
Completando 15 anos em 2012, o Salão Satélite — que nasceu com o propósito de unir, num mesmo ambiente, designers promissores do mundo todo a empresas do setor — acabou se tornando um grande observatório de novos talentos. O convite à PUC-Rio surgiu a partir do projeto “Portable lights”, que desenvolveu uma luminária com coletores solares para ser utilizada em áreas que não têm energia elétrica.