quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Saiba o que foi destaque no 1º dia da Boom SP Design 2013

      Boom SP Design teve palestrantes de peso no universo do Design e auditório lotado de profissionais renomados à estudantes e alguns jornalistas.
      Os principais temas abordados nas palestras foram: Design Autoral x Design Industrial, mau planejamento dos espaços públicos no Brasil,Arquitetura x Planejamento urbano.



EM2 Design



Luis Pons - Venezuela


Olivia Yassudo fala sobre projeto Maré Tides of Change
 
Sea chair - banco feito de plastico reaproveitado
Roberto e Olívia Yassudo Faria

O projeto Maré Tides of Change, que trabalha com um sistema de reciclagem de plásticos encontrados no oceano. Na fachada, a equipe da Galeria Experiência assinará uma projeção que remete ao mar. Do lado de dentro, centenas de recipientes plásticos (como garrafas de produtos de limpeza) serão pendurados no teto e dificultarão a vida de que quem quiser se locomover por lá.
   "Queremos que a pessoa se sinta como o peixe que tem que nadar entre lixo. O objetivo é causar desconforto."
   A mostra inicia um projeto que terá seu desfecho em 2016, na Olimpíada. Em parceria com o Studio Swine, o braço inglês da Maré, a ação será apresentada na Baía de Guanabara, no Rio.
   Os ingleses virão ao Brasil de barco, coletando lixo, e devem se juntar à equipe brasileira para transformar objetos renegados e descartados em material com apelo de design.
Mais informações acesse: amorart.com.br

Adam Kurdahl – Noruega

Adam Kurdahl – Noruega
    Adam expôs sobre sua experiencia em projetar espaços públicos no Brasil e a diferença entre Oslo e São Paulo. Para ele, o Brasil tem como exemplo de vácuo de planejamento urbano Brasília e Alphaville. Ele comenta que na capital de São Paulo os preços dos imóveis são os mesmos que em Oslo, o custo de vida é o mesmo, porém os salários são bem menores.
Falou também sobre seus 3 grandes projetos:
    O hotel Star onde ele criou um espaço publico dentro do hotel, sobre as influencias de Lina Bo Bardi (http://www.institutobardi.com.br/) na arquitetura de vãos que ele criou para esse hotel.Sete anos de trabalho que hoje estão num livro.





O escritório da Industria OCA - Depois de anos de exploração, o espaço que antes era velho e com tijolinhos a mostra, hoje é novamente visível, com materiais acentuado e um elemento novo é introduzido, uma grande escada de pranchas de madeira maciça . A escada atua como um auditório e faz a transição entre os escritórios OCA e o espaço do projeto. A escada organiza o espaço em três zonas, proporcionando um espaço na sala para palestras e exames, uma sala de leitura e biblioteca do artista norueguês, bem como o espaço de exposição circundante.




3º - Sesc Ribeirão Preto - Ele perdeu a concorrência deste projeto, mas fez questão de mostrar como seria o espaço se ele tivesse sido contratado, onde o conceito central era a "ausência de espaço". Hoje ele está numa concorrência para a nova Biblioteca da USP.





1º bate papo 


Frank Zierenberg - If Design

Frank Zierenberg -  Premio If design
     O If Design Awards 2014, um dos maiores prêmios internacionais de qualidade e excelência em design.Fundado em 1953, o iF abrange os seguintes prêmios: iF Product, iF Communication e iF Packaging Design Award. Vários produtos da indústria nacional já receberam a premiação, destaque para os 26 brasileiros premiados na edição 2013.
     Como um dos principais selos de design do mundo, o iF é uma verdadeira vitrine internacional. Todos os projetos premiados são expostos em Hamburgo e aparecem, ainda, no e-book do iF.



Gaye Cevikel – Turquia
     Gaya em sua palestra abordou a importância da gestão administrativa em negócios de Design, sobre seus erros e acertos na produção de produtos de design de artistas renomados como Karim Rashid e Arik Levy. Como trabalha a cultura turca em suas peças. Veja algumas peças que ela apresentou em sua palestra.













Roberto e Gaye Cevikel – Turquia

Por: Emanuella Minari









Nenhum comentário:

Postar um comentário