segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Centro de Trabalho Indigenista (CTI) promove no MCB lançamento de livro e documentário resultantes de oficinas culturais com os guarani

    O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, recebe o lançamento do livro de fotos "Rojapo ta'angaa - Fazendo Imagens" e do documentário "Ka'a'i - O ritual da erva-mate" resultantes de oficinas realizadas pelo Centro de Trabalho Indigenista (CTI) em um Ponto de Cultura, do Ministério da Cultura, sediado na aldeia guarani Ribeirão Silveira, no litoral de São Paulo. O evento ocorre durante a visita noturna ao MCB, na quarta-feira, 22 de janeiro às 19h, com entrada gratuita.
  Nos últimos anos, o CTI realizou diversas oficinas de formação audiovisual para comunidades guarani do Estado de São Paulo por meio do Ponto de Cultura Indigenista, uma parceria do Centro com o Ministério de Cultura e o povo guarani de São Paulo. O resultado das oficinas poderá ser conhecido no dia 22, quando haverá a exibição do filme e o lançamento do livro de fotos produzidos pelos indígenas. Para iniciar o evento, que contará com coquetel de comidas típicas, serão apresentados cantos e danças tradicionais guarani.



Sobre o Centro de Trabalho Indigenista (CTI)

O CTI é uma organização não governamental constituída juridicamente como associação sem fins lucrativos, fundada em março de 1979 por antropólogos e indigenistas que já trabalhavam com alguns grupos indígenas do Brasil. O Centro tem como marca de sua identidade a atuação direta em terras indígenas, contribuindo para que os povos indígenas assumam o controle efetivo de seus territórios, esclarecendo-lhes sobre o papel do Estado na proteção e garantia de seus direitos constitucionais.

O CTI atua em terras indígenas inseridas nos biomas Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica, por meio de projetos elaborados a partir de demandas locais identificadas em conjunto com os índios, repassando-lhes assessoria técnica e informações. Mais do que beneficiários, os índios são coautores e coexecutores dos projetos, em uma proposta de trabalho que viabiliza a conquista ou a manutenção da autonomia econômica e política dos povos indígenas a partir de seus próprios parâmetros socioculturais.

Sobre os Pontos de Cultura
Iniciativa do Ministério da Cultura, o Ponto de Cultura é a referência de uma rede horizontal de articulação, recepção e disseminação de iniciativas culturais. Como um parceiro na relação entre estado e sociedade, e dentro da rede, o Ponto de Cultura agrega agentes culturais que articulam e impulsionam um conjunto de ações em suas comunidades, e destas entre si.

O Ponto de Cultura não tem um modelo único, nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade. Um aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre poder público e a sociedade civil.


SERVIÇO:

Lançamento do livro Rojapo ta'angaa - Fazendo Imagens e
do documentário Ka'a'i - O ritual da erva-mate
Quarta-feira, 22 de janeiro às 19h - Entrada Gratuita

Realização: MCB e Centro de Trabalho Indigenista
Apoio: Ministério da Cultura

Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano
Tel. 3032-3727

Acesso a pessoas com deficiência/Bicicletário com 20 vagas
Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: 3032-2564 - agendamento@mcb.org.br
Site: www.mcb.org.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário